Imagem capa - Moda na Gravidez! por Milene Gensas
Dicas para as mamães

Moda na Gravidez!

Moda e gravidez podem andar juntas SIM!

Eu sei bem como funciona pois já passei por esta fase 2 vezes e senti na pele as dificuldades

– e todas as delícias – de ser uma gestante.

Na minha primeira gravidez, há 19 anos atrás, trabalhava em casa e acabei engordando quase

30 Kg.

Foram 9 meses usando 2 calças de moletom, 1 macacão e muitas camisetas e agasalhos do

marido.

Já na segunda gestação, há 13 anos atrás e trabalhando fora, não engordei tanto (quis dizer

menos que a primeira ;) - 17 Kg) eu então consegui me vestir mais estilosa, me sentia muito

bem e recebia elogios dos looks que naquela época não eram tão usados por gravidinhas.

Lembro que fui numa loja de departamentos e investi em 2 calças jeans com bastante stretch,

3 numerações acima e foram minhas parceiras nas montagens dos looks até o fim da gravidez.


Algumas dicas:

Escolha tecidos com mais stretch para facilitar os movimentos.

O mesmo vale para sapatos, esquecendo os saltos muito altos, se necessário, use os saltos médios, anabelas e plataformas baixos, que garantem mais estabilidade.

Não é porque você está grávida que precisa usar modelagens amplas. Pelo contrário, dê preferência a cortes mais ajustados, que contornem a sua nova silhueta.

Sim! Grávidas podem usar roupas justinhas, caso sintam-se bem.

Mostre a barriga. Afinal, este é o único momento da vida que a barriga é linda e pode ser valorizada com as roupas.

Valorize o colo. Durante a gravidez, os seios ficam lindos. Use decotes que mostrem, com equilíbrio, esta parte do corpo.

Vestidos modelo trapézios (que tem essa forma) ou com decote logo abaixo do busto são boas opções, assim como os modelos tipo camiseta.

Um vestido tubinho é perfeito para a gestação, afinal, vai acompanhar você durante os nove

meses. O comprimento ideal é abaixo dos joelhos. Pode ser usado embaixo de camisas, fica perfeito.

Também vestidos chemisier (estilo camisa), podem ser usados, inclusive, sobre calças

justinhas ou folgadas, resultando em um visual mais descontraído.

Calças com elástico no cós, modelo jogging ou estilo pijama são uma ótima opção.

Faça como eu na primeira gravidez e dê uma passadinha no guarda-roupa do pai do bebê. Um

moletom, um colete ou uma camisa podem ser coordenados a peças mais ajustadas e super femininas.

Capriche nos acessórios. Eles podem “modernizar” o seu visual. Opte por peças mais rentes ao pescoço, pulseiras e brincos, que valorizam o rosto.

Use peças que você se sinta bem, não existem regras, o importante é que sejam confortáveis.

Hoje em dia existem várias lojas que atendem de fato a necessidade das grávidas, porém, a

maioria só vende peças que não valorizam o corpo durante a gestação. Por isso, muitas

grávidas buscam por roupas em lojas que já estão acostumadas e priorizam os tamanhos maiores do que usavam antes do corpo mudar. A dica é procurar peças legais e descobrir marcas que se encaixam no seu gosto.

A Calça legging já é um clássico no guarda-roupa de qualquer grávida, são muito bem vindas sempre, mas coloque todo estilo e criatividade nesse look.

Por fim : não deixe de ser você porque está grávida, ou seja, busque sempre peças que tenham a ver com o seu estilo e tente exercitar a sua criatividade.


Alessandra Anne Mari

Personal Stylist

@aleannemari (instagram)

* imagens retiradas do Pinterest