Imagem capa - Hidroginástica e exercícios físicos na gestação por Milene Gensas
Dicas para as mamães

Hidroginástica e exercícios físicos na gestação


POR QUE PRATICAR EXERCÍCIO NA GESTAÇÃO?

-  Porque é bom para a saúde da mãe e por consequência, do bebê.   

- Ajuda na manutenção do condicionamento físico e da saúde e na diminuição de sintomas gravídicos, 

- Auxilia no retorno venoso, prevenindo o aparecimento de varizes nas pernas e auxiliando na irrigação da placenta. 

- Ajuda no controle do aumento de peso e também, pode ser uma alternativa para prevenir e tratar o diabetes gestacional



QUAIS OS BENEFÍCIOS DA PRÁTICA DE HIDROGINÁSTICA  NO PERÍODO DA GESTAÇÃO?

-  A aula é prazerosa e não é necessário saber nadar. Não precisa nem molhar a cabeça!

- É um exercício de BAIXO IMPACTO ARTICULAR: O peso corporal diminui conforme aumenta a profundidade da água da piscina reduzindo o impacto nas articulações. 

- Prevenção e diminuição de dores nas costas, mãos e punhos, a dor na articulação sacro-ilíaca e as cãibras nas pernas.

- Diminui os sintomas da Síndrome do Túnel do Carpo, cujo edema que ocorre na gravidez provavelmente resulta na diminuição do espaço do túnel do carpo, levando à irritação do nervo mediano.

- DIMINUI EDEMA NAS PERNAS: Aumenta a diurese (quantidade de urina) o que contribui com a diminuição do inchaço nas pernas.

- SEGURANÇA NO TREINO AERÓBICO: Durante o exercício na água, tanto a frequência cardíaca como a pressão arterial são mais baixas, isto garante que a mãe possa fazer um bom treino aeróbico sem diminuir a oxigenação para o feto. 

- EVITA POSIÇÃO DEITADA DE BARRIGA PRA CIMA: Nesta posição pode ocorrer compressão do segmento abdominal da artéria aorta e da veia cava inferior reduzindo o retorno venoso e débito cardíaco. O exercício aquático evita esta situação.




A HIDROGINÁSTICA PODE AJUDAR A COMBATER STRESS E ANSIEDADE?

     A maioria dos estudos realizados com gestantes praticantes de hidroginástica apontam diminuição de stress, a melhora da auto-estima e a auto-imagem. 

     A participação continuada nesta atividade física é benéfica em termos de saúde mental e bem-estar emocional durante a gravidez e no pós-parto, assim como pode diminuir a incidência de depressão e ansiedade e manter a estabilidade no humor.



COM QUANTOS MESES DE GESTAÇÃO É INDICIADO O INÍCIO DAS ATIVIDADES DA HIDROGINÁSTICA?

     Para gestantes ativas e sem complicações obstétricas não é necessário interromper o exercício no início de gestação. 

     Para gestantes sedentárias é recomendado iniciar após a décima terceira semana de gestação desde que não apresentem qualquer contra-indicação. 



É NECESSÁRIO O AVAL DO OBSTETRA PARA PRATICAR HIDROGINÁSTICA?

     Sim. É necessário atestado médico. E a gestante deve estar fazendo acompanhamento pré-natal. Para a sua segurança e a do bebê.



COM QUAL FREQUÊNCIA PODE-SE REALIZAR A HIDROGINÁSTICA?

     Um programa ideal deve ser realizado na maior parte dos dias da semana, com a duração das sessões variando entre 30 e 90 minutos. É importante fazer com que o hábito de se exercitar se transforme em algo tão natural como, por exemplo, cuidar da própria higiene.

     O programa de exercício deve ser modificado ao longo do período gestacional, dependendo sempre das respostas maternas e fetais aos exercícios propostos.



ILANA

FINKELSTEIN

MESTRE EM CIÊNCIAS DO MOVIMENTO HUMANO, PROPRIETÁRIA E COORDENADORA DO PROGRAMA DE EXERCÍCIOS PARA GESTANTES DO CENTRO FÍSICO ACQUALITÀ.


WWW.ACQUALITA.COM.BR;

FACEBOOK.COM/ACQUALITACENTROFISICO/

RUA PEDRO CHAVES BARCELOS, 327. PORTO ALEGRE. FONE: 3333-9381, 981225307